Cancún – o paraíso mexicano
América América do Norte México

Cancún – o paraíso mexicano

A palavra Cancún poderia ser derivada de Paraíso de tanta beleza que oferece. É um lugar apaixonante com passeios que agradam a todos os tipos de viajantes desde os mais “sombra e água fresca” até os aventureiros. As praias são realmente impressionantes, as águas são extremamente azuis e cristalinas, tanto que é hipnotizante! Encarar aquele mar faz qualquer estressadinho se acalmar e se apaixonar. Voltar para casa não foi nem um pouco fácil, confesso.

Mas já aviso logo: não é um destino barato. Por ser uma queridinha dos Norte Americanos, Cancún é totalmente voltada para o turismo em dólar, assim como suas vizinhas Playa del Carmen, Tulum e Cozumel. Sendo assim, com esse dólar alto e instavel esta é o tipo de viagem cara mas que é tão apaixonante que vale muito a pena. 

*Atenção: O méxico e o Panamá (muitos voos fazem escala lá antes de seguir para cancún) estão exigindo a vacina de Febre Amarela! Vacine-se antes de viajar e é essencial emitir o certificado internacional de vacinação!

Primeiramente, onde ficar em Cancún

A grande parte dos hotéis fica na Zona Hoteleira de Cancún, cuja formação é semelhante ao número 7. Nos cantos superior e direito se encontra o mar e no canto esquerdo uma lagoa. Quanto mais para cima do 7, mais calmo é o mar e, quanto mais para baixo, mais “mexido”, mas nada perigoso (pelo menos quando eu fui). Na curva do 7 é onde ficam as boates, mercado de artesanato e alguns dos restaurantes mais famosos da região.

A quantidade de hotéis é enoooorme, dos mais simples até os mais luxuosos, de diversos valores, alguns são All Inclusive (todas as refeições e bebidas inclusas), outros possuem apenas café da manhã. Há também os que não possuem nenhuma refeição inclusa. Tenho 3 indicações de hotéis:

  • Hotel Grand Park Royal Cancún Caribe: esse foi o hotel que eu fiquei, esquema All Inclusive, muito confortável, possui diversas atividades ao longo do dia, 2 piscinas enormes com vista para o mar e quartos muito luxuosos (apesar do meu ter sido o mais simples). Além do clássico restaurante de Buffet, o hotel também possui outros 4 com comidas asiáticas, mexicana, Italiana e frutos do mar.
  • Krystal Grand Punta Cancun: Hotel que um casal de amigos se hospedou, Tainah e Rafael que me ajudaram a fazer esse post <3. Lá existe a opção de escolher entre All Inclusive ou não, muito confortável, vista para o mar e uma super piscina.
  • Hard Rock Café Cancún: Um casal que conheci em um dos passeios ficou hospedado neste hotel. Gostaram bastante, tudo all inclusive, bastante atividades ao longo do dia e shows e festas todas as noites!

A maior praia da Zona hoteleira é a Chac Mool, com onda, mas não achei forte. Outras praias de água calminha também na zona hoteleira são a Playa Tortugas e Caracol onde também tem ótimos hotéis como o Riu, onde quase nos hospedamos. 

 

 

Parques Ecológicos

Cancún possui 3 parques ecológicos muito famosos, cada um deles é bem diferente e com características específicas. Todos eles pedem que os visitantes não usem protetor ou bronzeadores comuns por terem óleos e ingredientes prejudiciais. É permitido somente protetores biodegradáveis, que podem ser encontrados facilmente em qualquer loja de conveniência ou farmácia de Cancún.

Todos os parques possuem transportes próprios, sendo possível adquirir a passagem junto à compra dos ingressos, por conta própria, sem necessitar de reservar com agências.

 

Xcaret:

Este é o maior e mais famoso parque ecológico de Cancún é o menos “radical” e mais “família” por possuir atividades tranquilas para crianças, jovens, adultos e idosos. Eu AMEI! 

Possui muitas atividades culturais com diversos shows espalhados ao longo do dia, que vão desde a cultura Maia, à cultura Mexicana passando pela época do colonialismo. É um espaço com uma área verde enorme, com muitos animais soltos, como flamingos e araras coloridas resgatadas do tráfico e outras voando por ai. É muito bem organizado e moderno.

A principal atração é o passeio pelo rio subterrâneo, em que é possível nadar de uma ponta a outra de um rio tranquilo que cruza todo o parque. Foram instaladas algumas clarabóias para que não ficasse totalmente escuro mas ainda tem pontos totalmente fechados, mas é realmente tranquilo. As águas são rasinhas e é obrigatório o uso de coletes salva-vidas durante todo o passeio.

O Xcaret tem uma praia linda, calminha, com águas super cristalinas. Todos os dias, em horários marcados, ocorre a soltura de tartarugas onde fecham a praia por alguns instantes para que o evento seja realizado. O parque cuida de tartarugas até completarem 1 ano de idade e depois às soltam, aumentando suas chances de sobrevivência no mar. Vale muito a pena assistir, é muito amorzinho!

Além disso, o Xcaret tem outras atrações como aquário, zonas arqueológicas, cemitério maya, zoológico, torre panorâmica e muitas outras coisas. A noite, às 19h, ocorre um show imperdível! Que conta a história e cotidiano do povo Maya, invasão dos espanhóis, colonização e, na segunda parte do show, os bailarinos e cantores cantam e dançam diversos estilos musicais de cada região do méxico. É realmente LINDO, muito bem produzido, figurinos, coreografias, músicas, tudo é impecável. Vale muito a pena ficar no parque até mais tarde para assistir.

O Xcaret também tem atividades extras pagas por fora como nado com tubarões, nado com golfinhos, passeio de canoa e Adrenalina (veículo que anda em alto mar a mais de 100km/h).

Xel-há:

Infelizmente não fui neste parque mas os queridos Tainah e Rafael explicaram tudo para a gente! É considerado o maior aquário do mundo, um local perfeito para realizar atividades aquáticas. Fica em uma baía em que o rio deságua no mar com águas cristalinas, calmas e cheias de peixes.

Possui um toboágua com mais de 40m de altura onde se tem uma vista de 360° do parque. Lá você encontra tirolesas, dois locais para salto dentro d’água, um rio enorme onde é permitido atravessar nadando, fazendo snorkel ou simplesmente usando as boias que o parque disponibiliza. Ele tem sistema all inclusive, o valor que você paga para entrar ao parque dá direito ao armário, toalha, café da manhã, almoço e bebidas (com ou sem álcool) e equipamento de snorkel (o tubo, no final do dia, fica de presente).

O Xel-há ainda conta com atividades extras, pagas separadamente como nado com golfinhos, nado com manati, Snuba (combinação de snorkeling e mergulho), Sea Trek (caminhando debaixo de água), Adrenalina (veículo que anda em alto mar a mais de 100km/h), Cenote (mergulho em caverna no fundo do mar) e outros.

Xpror:

Este é o parque para quem gosta de aventura e adrenalina. É o mais novo e menor dos 3 e não é recomendado para crianças e idosos por ter somente atividades perigosas. Nele você encontra muitas cavernas, rios e estalactites subterrâneos e, na parte externa, é uma floresta enorme. No parque existem diversas tirolesas, com elas você consegue percorrer o parque inteiro, uma conectada à outra e, também, explorar o local com um jipe anfíbio que percorre terra e funciona como um barco. Neste parque todas as refeições estão inclusas no pacote, não há atividades extras.

Recentemente lançaram, também, o Xplor Fuego que, nada mais é, do que entrar no parque a noite e viver todas as aventuras no escuro com a iluminação de tochas de fogo. Deixando todo o passeio ainda mais emocionante!

 

MUITOS Passeios!

Xenotes:

Este passeio foi uma das melhores coisas que eu já fiz na minha vida! Definitivamente entrou para minha lista de melhores momentos de todos. Para quem não conhece, Cancún e toda a Riviera Maya possuem formações geográficas chamadas Cenotes, são uma cavidade natural, geralmente subterrâneos ou parcialmente subterrâneos. Diversas lendas e teorias explicam sua formação,  eram lugares sagrados para a cultura Maya. Suas águas são, geralmente, de origem chuvosa.

As agências oferecem diversos passeios para os muitos Cenotes presentes na região, eu escolhi o Xenotes, feito pelo mesmo grupo os parques Xcaret, Xel-há e Xplor, por ter acesso exclusivo aos Cenotes mais famosos do México.

Este passeio leva à: K`áak (terra), Lu`um (lua), Há (água) e Iik (ar). Incluindo rapel, tirolesas, kayak e snorkel. Todos os 4 cenotes são lindíssimos, os meus preferidos foram os Cenotes da Lua e da água. É realmente difícil explicar a beleza e a sensação de estar em lugares tão incríveis feitos pela natureza. Sugiro que veja a as fotos para se encantar um pouquinho por eles <3

O passeio dura cerca de 6h, com lanches, almoço e bebidas inclusas (como estávamos no meio do mato não há outras opções de comida).  

 

Tulum + Cenote Dos Ojos + Playa del Carmen:

Geralmente quem vai à Cancun também visita algum dos sítios arqueológicos Mayas. O mais famoso é Chichén Itzá, onde se encontram as grandes pirâmides. Porém, este local fica a cerca de 3h de distância de Cancun, fator que nos fez desistir da visita… Uma ótima opção para conhecer um pouco da cultura Maia sem ir para muito longe é ir até Tulum, uma cidade amuralhada e também centro comercial, moradia do povo Maia com teorias de ter surgido no ano de 564. O passeio é muito interessante, sugiro fazê-lo com um guia que explica exatamente o significado de cada ruína e seus misticismos.

A grande maioria das excursões que vão para Tulum também param no Cenote Dos Ojos e em Playa del Carmen, para quem está de carro este roteiro é ótimo para uma day-trip.

O cenote Dos Ojos é lindíssimo, é semi-aberto, com águas cristalinas e profundas. Lá vivem tartarugas e peixes, o que reforça ainda mais o misticismo dos Cenotes pois não há rios, lagos ou mar próximo à ele. Sendo assim a origem da vida animal aquática é ainda um mistério. É um local IMPERDÍVEL!

Playa del Carmen me lembrou muito Búzios (RJ) e Arraial D`Ajuda (BA) por ser uma cidade pequena, com uma rua principal abarrotada de lojas e restaurantes. É bem diferente de Cancún, é possível visitar toda a principal área da cidade à pé. Pode-se ver bem mais o movimento de turistas, dando a impressão de que o local é bem animado. Infelizmente não pude ficar muito tempo pois estava com excursão, mas é uma cidade que vale a pena passar 1 dia inteiro ou até mesmo por lá.  

Isla Mujeres:

É uma pequena ilha situada bem em frente à Cancun. Para chegar até ela basta adquirir um ingresso de ferry-boat saindo de 4 pontos:  Playa Tortugas, El Embarcadero e Playa Caracol, localizados na zona hoteleira e Puerto Juarez, zona central da cidade. O trajeto leva cerca de 20 minutos, as barcas saem de 30 em 30min, os ingressos podem ser comprados no local cerca de 30min antes da partida. Passar o dia nesta ilha é uma ótima opção para aproveitar o mar azul piscina, ótimos restaurantes, pontos de mergulho e o pequeno comércio turístico local.

Na Ilha você pode alugar um carrinho de golfe para percorrê-la, como só existe 1 estrada que a contorna, é impossível se perder! Existem diversas locadoras no centro, próximo ao comércio, no mesmo local das barcas. A diária custa cerca de 40 dólares e podendo, também, pagar o aluguel por hora, cerca de 15 dólares, 2 horas é suficiente para contornar a ilha. No trajeto não há lugares para mergulho, mas há diversos pontos para observar o mar caribeño, como o Punta Sur, fazendo valer a pena o passeio.

Após o passeio não deixe de aproveitar a praia Norte, água limpinha, extremamente azul caribe, super calma, com a melhor temperatura!

Isla Mujeres possuí 2 parques:

  • Garrafón: Não possui praia mas tem acesso ao mar, a entrada é 89 dólares no esquema all inclusive, barco exclusivo saindo de Cancún, piscina com fundo infinito para o mar caribenho, tirolesa e snorkel. É um local ótimo para mergulho entre os peixes e corais.
  • Dolphin Discovery: para quem procura nadar com golfinhos este é o melhor local, com as atividades realizadas diretamente no mar. Os preços variam de acordo com as estripulias dos golfinhos. Este parque pode ser combinado com o parque Garrafón.  

Cozumel:

Infelizmente este eu também não pude fazer, mas a Tainah e o Rafael foram e me contaram: é uma ilha enorme! Muito maior que Isla Mujeres. Para conseguir aproveitar tudo, o ideal seria se hospedar uns dias por lá. O ferry que te leva até lá sai de Playa del Carmen e dura cerca de 35 minutos de travessia, o trajeto é feito por 3 empresas: Ultramar, Mexico Water Jets e Barcos Caribe. Assim que chegamos à Cozumel, pegamos um outro barco, bem menor, para ir para o arrecife Columbia e depois para El Cielo, onde é fácil de encontrar inúmeras estrelas do mar. Os tons de azul são algo sem explicação. A cor de El Cielo é hipnotizante. Há muito mais arrecifes para se conhecer. Como só fui um dia, conheci apenas esses dois.

A famosa noite de Cancún 

Coco Bongo: A casa noturna mais famosa da região, com propagandas dizendo ser mais incrível do que qualquer festa de Las Vegas (palavras ditas por jornalistas americanos). Eu nunca fui à Vegas, mas após a noite na Coco Bongo eu acredito 100% que seja muito melhor do que qualquer outra festa. A boate em si não é muito grande mas o que chama atenção são os shows que acontecem ao longo da noite. Começando às 23h as atrações praticamente não param, os bailarinos fazem números incríveis de dança e circo, percorrendo o público em trapézios, liras, cordas, dando a sensação de estarem voando. Há performances cover de artistas como Madonna, Michael Jackson, Homem Aranha, Beetlejuice, e muitos outros. Nos intervalos o DJ toca músicas famosas de vários países, incluindo brasileiras, chamando o público para subir nos palcos e dançar muito. É um lugar que vai muito além de uma boate, é um show, espetáculo, realmente vale a pena.

Eu comprei o ingresso com um dos representantes da Coco Bongo diretamente no meu hotel, o nome dele é Christopher, um fofo, e ele vai em boa parte dos hotéis de Cancún. O Ingresso é caríssimo, como quase tudo na cidade, cerca de U$80 com bebida liberada a noite toda, mas vai por mim, vale a pena!

 

 

Restaurantes

Apesar de Cancún ser uma cidade que explora o turista, os restaurantes não são tão caros quanto os passeios! A variedade de opções é bem grande porém os mais famosos são:

 

Señor Frog’s: Esse lugar é maravilhoso! Uma mistura de bar, restaurante e balada. Quando fui, o tema era “Beach”, então estava todo enfeitado com cadeiras de praia, guarda sol, bolas coloridas e raspas de madeira no chão para imitar a areia. Os garçons também se reúnem, quando o locutor os chamam, fazendo coreografias e brincadeiras com os clientes dentro ou fora do palco. Às vezes tem rodada dupla de tequila, eles colocam cronômetro nos telões para todos esperarem juntos e beberem juntos e, na hora certa, passam distribuindo shots de tequilas para os clientes, tudo em ritmo de brincadeira. Quando fui, teve uma competição entre 4 mulheres de beber uma garrafa de cerveja toda, um shot de tequila e depois, sem colocar as mãos, tinham que encaixar um giz de cera na boca da garrafa de cerveja somente com os quadris. Experimentamos um prato de fettuccine enorme e um prato com 3 tacos de camarão (DIVINOS). A conta ficou em torno de uns 70 reais, total. Pra gente que mora no RJ, um casal pagar este valor é muito anormal.

 

Bubba Gump Shrimp Co.: Ele é lindo!!! Todo ornamentado com fotos, imagens, quadros e peças de roupas do filme Forrest Gump. Na mesa tem um placa azul escrita “Run Forrest Run” e uma placa vermelha escrita “Stop Forrest Stop”. Você coloca a vermelha em evidência quando quer chamar o atendente para tirar dúvidas e fazer os pedidos. Depois que o garçom sair você tem que colocar a azul de volta pra ele não achar que faltou algo. Comemos Forrest Seafood Feast (com batatas fritas, camarões empanados, filezinhos de peixe e bolinhos de queijo com milho), mais ou menos 50 reais, e de sobremesa Alabama Brownie, uma fatia de brownie enorme com sorvete, chantilly e bastante calda de chocolate. Gostoso, mas como é muito grande pra dois, achei meio enjoativo. Custou uns 18 reais. Ainda possui um loja com camisas, bonés, acessórios e tudo que possa imaginar.

 

Carlos’n Charlie: O ambiente é descontraído e cheio de bom humor, com animadores fazendo objetos em balões, ora ou outra os garçons começam a fazer coreografias, todos juntos. Eles são muito prestativos e atenciosos. É aconchegante e ao mesmo tempo animado. Fique preparado caso peça para alguém tirar foto sua com sua família, do nada um deles grita “fotoooo” e surgem garçons para todo lado para sair junto com vocês.

Comemos um prato com 3 tacos de camarão, dava em torno de uns 25 reais e um hambúrguer que girava em torno de 20 reais. Como em toda Cancún, achamos em conta o valor que pagamos no total.

 


Reserve com a gente!

Você sabia que você pode ajudar nosso blog com uma pequena comissão toda vez que reserva pelos nossos links? Assim a gente consegue se manter e trazer cada vez mais dicas para vocês!

🏨 reservas de hotéis pelo Booking.com

🚗 aluguel de carro pelo Rentcars.com

✈️ passagens pelo Decolar.com

💊 seguro viagem pelo Seguros Promo 

vocês ainda ganham 5% de desconto no seguro com o código: SEATBYTHEWINDOW

Não deixem de seguir nosso instagram, para ficar sabendo de tudo que estamos fazendo por aí

Você viu recentemente ...

Passeando pela Old Town de Sacramento

Visitando um Campo de Girassóis na Califórnia

Sequoia National Park – Dormindo numa cabana do parque

Patagônia – Roteiro rápido de 10 dias

Califórnia – roteiro de 20 dias de carro

DEIXE UM COMENTÁRIO

Contact Us

[contact-form-7 404 "Not Found"]