Lisboa – Do clássico ao cool
Europa Portugal

Lisboa – Do clássico ao cool

Lisboa é o destino da vez! A gente explica qual a combinação que tanto atrai nessa cidade: uma misturinha boa que deixa lado a lado lugares com memórias, tradição, e espaços super contemporâneos, projetos de renovação e ativação de construções abandonadas que não faziam parte do roteiro turístico da cidade. Somado a tudo isso, o clima super agradável do sul da Europa e o mar lindo, cheio de histórias. Sentiu como é? Vamos te dar as dicas dos lugares clássicos e dos descolados que mais gostamos de ir. Além disso, abrimos a nossa lista de motivos para poder voltar para essa cidade deliciosa, com os lugares que ainda queremos conferir de perto!

Painel Os Gêmeos, Lisboa, Portugal

DICAS

Transporte

Existe um cartão na cidade, o Lisboa Card, que é um passe diário para viagens ilimitadas de toda a variada rede de transportes públicos. Além de estar incluso no pacote trens para Sintra e Cascais, o cartão também proporciona descontos em passeios compras e acesso gratuito a vários museus e monumentos. Magnífico!

Custos da viagem

Lisboa é uma das cidades mais em conta da Europa. Quando fomos, nos preparamos para levar cerca de 100 euros para cada dia. Assim ficamos super confortáveis, com sobra para fazer passeios, almoçar, lanchar, jantar, fazer compras e nos deslocarmos. Mas é possível diminuir bastante esse valor compensando com 1 refeição mais modesta, por exemplo, e ponderando os passeios de custo mais alto com outros gratuitos.

 

ONDE E QUANTO TEMPO FICAR

 

A cidade pode te alimentar por 1 semana com história, cultura e gastronomia facilmente. Mas pra você que está com tempo contado, sugerimos pelo menos 4 dias inteiros.

Ficamos no hotel Miraparque e gostamos bastante do serviço. Para a gente foi um super adianto estar perto do ponto de saída do tour que agendamos para fazer visitas à cidades nos arredores de Lisboa.   

 

O QUE FAZER

 

Museu Coleção Berardo em Belém

Depois de comer um pastelzinho de Belém, que tal ir no Museu Coleção Berardo? O Museu é destinado às artes moderna e contemporânea, com duas exposições permanentes e duas temporárias. Amamos as exposições que vimos por lá. Cheio de variedades, espaços e obras super diferentes, vale passar um tempo andando pelo lugar. Além disso, tem uma varandinha com área externa que é uma delícia para pegar um solzinho.

 

Relaxar ao lado do Padrão dos descobrimentos

Em Belém, está um monumento cheio de história: O Padrão dos Descobrimentos é uma caravela na qual estão representados os navegadores mais conhecidos, inclusive os que estudamos na aula de história. É super bonito tanto pela arquitetura quanto pelo que representa. Mas o que mais gostamos na experiência foi ficar deitadinha ao lado do monumento, na beira do Rio Tejo, tomando um solzinho e só aproveitando o dia. Se dê um tempo para ficar por ali, só sentindo a energia gostosa do ambiente, vale a pena!

 

Mosteiro dos Jerônimos

Um dos passeios mais clássicos e imperdíveis! A arquitetura do Mosteiro dos Jerônimos é de arrancar suspiros! Uma verdadeira obra-prima num estilo arquitetônico único, o manoelino, que é uma combinação do gótico e renascentista, somados a símbolos portugueses. Te dá a sensação de se deslocar no tempo. Pertinho de lá está a Torre de Belém e os Pastéis de Belém, aproveite para emendar!

 

Andar da rua augusta até o Cais das Colunas

A Rua Augusta é lotada de lojas e turistas, mas não deixa de ser uma rua linda de se passear. Com o arco ao fim, dá passagem para a praça do comércio, e por fim, ao cais das colunas. Lá existem dois pilares, junto a uma escadaria de mármore que desce até o rio Tejo. No dia em que fomos, o céu estava incrivelmente rosa e a vista do rio com a ponte 25 de abril ao fundo, estava especialmente bonita. Passamos um bom tempo só apreciando a beleza da vista com a cor do céu.

 

 

Castelo de São Jorge

Dentro do Castelo existe um equipamento que permite observar cada ponto da cidade, num olhar de 360º. O que mais gostamos do castelo não foi a construção em si, foi a vista da cidade. O dia estava lindo quando fomos! Pudemos ver toda a cidade de cima, com um pôr-do-sol maravilhoso! Ficar sentada pelos muros, só apreciando a vista por um tempinho é ótimo.

Castelo de São Jorge, Lisboa, Portugal

foto: Bianca Mallet

LX Factory

Aqui está um passeio bem cool: Lx factory! Numa antiga área de armazéns abandonada a caminho de Belém, hoje existe uma concentração de empresas da área criativa, lojas, restaurantes e bares que cada vez mais crescem em número. Nossos pontos preferidos são a já queridinha livraria Ler Devagar, o restaurante A Mesa, que é uma grande, extensa e única mesa e o restaurante Rio Maravilha, com decoração industrial e vista linda para o rio Tejo, e o cardápio é uma misturinha de receitas brasileiras com portuguesas.

Livraria Ler devagar, LX Factory, Lisboa, Portugal
Livraria Ler devagar, LX Factory

 

Miradouro São Pedro de Alcântara

Se você quiser fugir das rotas tradicionais, este miradouro ainda é pouco conhecido pelos turistas e proporciona vistas espetaculares da cidade. A zona onde está localizado já foi bem mal frequentada e hoje está mudando de ares e ganhando muita vida. Edifícios históricos estão sendo revitalizados e transformados em cafés, lojas, e bares super descolados. Aproveite para dar uma volta!

Para chegar, você pode subir pelo funicular, o Elevador da Glória, que vai te deixar bem pertinho, ao invés de subir a ladeira a pé.

Miradouro São Pedro de Alcântara, Lisboa, Portugal

 

Parque das Nações e Pavilhão do Conhecimento

Perto do Aquário de Lisboa, você encontra o Pavilhão do Conhecimento, um museu interativo de Ciência e Tecnologia. Dê uma olhadinha nas exposições que estão rolando por lá, e dê uma volta pelas rampas e fontes nos arredores do museu, é uma delícia. Depois disso, ande pelo Parque das Nações, que é uma área de Lisboa urbanizada e pensada para as pessoas. É bem legal passear um pouco e fazer um piquenique por lá.

 

Ruínas do Convento do Carmo

Nas ruínas do que já foi uma igreja e convento do século 14 (destruídos no terremoto de 1755), hoje está o Museu Arqueológico do Carmo com acervo de valor histórico, arqueológico e artístico. A arquitetura é apaixonante! Vale a pena visitar, admirar e ficar sabendo da história. O conjunto fica de frente para o Largo do Carmo e bem próximo do Elevador de Santa Justa. É uma boa combinar a visita com uma volta no Elevador de Santa Justa e demais atrações da Baixa de Lisboa.

Convento do Carmo, Lisboa, Portugal

 

AONDE E O QUE COMER

 

Bacalhau com Natas

Típico da região, mesmo quem não ama bacalhau curte esse prato. É uma espécie de Bacalhau com um creme muito gostoso. Uma das coisas que mais gostamos de fazer em lugares que visitamos, é conhecer as comidas do local. E essa é uma que você precisa experimentar. Vários restaurantes da região servem esse prato, escolha seu favorito e experimente!

 

Manteigaria

Foi o primeiro pastel de nata que experimentamos em Portugal e é outra loja deliciosa de pasteis de nata além da famosa de Belém. A Manteigaria ficou tão famosa que abriu em São Paulo. Talvez seja a única loja de pastéis de nata que empata com o sabor dos pastéis de Belém. Eles vem bem quentinhos, e levemente crocantes, dá saudades até de pensar.

 

Pastéis de Belém

Clássico certeiro. Os pastéis de Belém são os pastéis de nata com um toque especial, super deliciosos. A casa dos Pastéis de Belém também é uma atração à parte, com arquitetura bem tradicional colonial portuguesa, e você pode ver os cozinheiros fazendo nossos doces portugueses preferidos.

Pastéis de Belém, Portugal

 

Padarias

Se tem uma coisa que português sabe fazer muito bem, essa coisa é padaria! Existem várias padarias bem tradicionais pela cidade, é só escolher a sua favorita e entrar. Além de gostoso, nos assustamos com os preços tão baixos!

Entramos em uma chamada Sacolinha, perto da estátua de Fernando Pessoa, e foi sucesso! Comemos coisas simples, de confeitaria mesmo, mas tudo estava uma delícia.

 

Park Bar

Esse bar super bonitinho tem os preços mais salgados que a média de Portugal, mas ganha pela vista. Fica no topo de um estacionamento, daí o nome Park. O terraço tem uma vista privilegiada de Lisboa e os drinks são uma delícia. É um pouco confuso para achar a entrada, porque é por dentro do estacionamento, mas vá seguindo que você encontra!

Park Bar, Lisboa, Portugal

foto: Bianca Mallet

 

Café a Brasileira

Café de tradição, já foi ponto de encontro de intelectuais e hoje é referência por servir um dos melhores cafés da cidade. Pertinho está a estátua de Fernando Pessoa, não tem erro!

Estátua Fernando Pessoa, Lisboa, Portugal

foto: Bianca Mallet

 

Confraria

Confraria é um restaurante japonês que roubou nossos corações! As combinações são deliciosamente inusitadas! Amamos descobrir e experimentar novos sabores então foi uma ótima surpresa esse achadinho de Cascais, que na verdade já faz o maior sucesso e já abriu há um tempo sua filial em Lisboa.

 

O QUE AINDA NÃO FIZEMOS MAS QUEREMOS

 

Museu do Azulejo

Somos apaixonadas por azulejos! Amamos andar pelas ruas de Lisboa e nos deparar com um belo conjunto dessas maravilhas. Às margens do Rio Tejo, o Museu conta a história do azulejo em Portugal ao longo dos anos e além de ser um espaço expositivo, o local também conta com um espaço para restauração de azulejos, como forma de preservar de forma prática a história do país.

Queijaria

A Queijaria é uma Lojinha que te oferece a combinação certeira de uma completa seleção de queijos de Lisboa e um bom Vinho do Porto. Queremos!

 

Largo Residências

Um complexo de criação artística incrível! Conta com uma loja com achadinhos vintage, café que serve um brunch espetacular, hostel e espaço para espetáculos e exposições.

 

Mercado da Ribeira

Um programa para ir a qualquer hora do dia! No Mercado da Ribeira existe 30 quiosques que preparam versões pockets e mais em conta de pratos dos chefs mais conhecidos de Portugal. Ainda  tem por lá, nossos queridinhos do Confraria, além de doces, queijos… Sonho em forma de lugar!

Taberna Rua das Flores

Um burburinho maravilhoso, sempre disputado, principalmente nos horário de pico! Para garantir seu lugar nessa maravilha, chegue cedo, já que não tem como fazer reservas. A decoração já é um atrativo, e os pratos são receitas portuguesas com toques moderninhos! Loucas para conhecer!

Rua Cor de Rosa

A badalada Rua Nova do Carvalho, também conhecida por “Rua Cor-de-Rosa”, já foi uma viela suja à beira-rio e agora é uma rua de pedestres, com pavimento cor de rosa vibrante e paredes completamente coloridas por grafites. Para completar essa alegria em forma de rua, podem encontrar vários restaurantes, bares e discotecas! Ouvimos falar super bem do gin do bar Lateral, do fado nada turístico do restaurante o Povo, dos espetáculos burlescos do Bar da Velha Senhora, e a música eclética e performances ao vivo das baladas Tokyo e MusicBox.

A Vida Portuguesa

Ficamos só de olho nas charmosas embalagens retrô! Nessa lojinha de fabricação nacional, você encontra um pouquinho de tudo: cadernos, roupas, itens de decoração, sabonetes, chás, chocolates… como não amar já?

 


Reserve com a gente!

Você sabia que você pode ajudar nosso blog com uma pequena comissão toda vez que reserva pelos nossos links? Assim a gente consegue se manter e trazer cada vez mais dicas para vocês!

🏨 reservas de hotéis pelo Booking.com

🚗 aluguel de carro pelo Rentcars.com

✈️ passagens pelo Decolar.com

💊 seguro viagem pelo Seguros Promo 

vocês ainda ganham 5% de desconto no seguro com o código: SEATBYTHEWINDOW

Não deixem de seguir nosso instagram, para ficar sabendo de tudo que estamos fazendo por aí

Você viu recentemente ...

Bratislava – roteiro de um dia!

Telhado da casa do parque guel

Barcelona – o que fazer além da Sagrada Família

Bruges – Roteiro de 1 dia!

Palácio de Pena em Sintra - Bate e volta de Lisboa

Sintra, Cabo da Roca, Cascais e Estoril – Bate e volta de Lisboa

Londres com sol – 17 dicas do que fazer

DEIXE UM COMENTÁRIO

Contact Us

[contact-form-7 404 "Not Found"]