Londres Alternativa parte 2 – dicas de galerias, parques, lojas e brechós
Europa Inglaterra destaque 1

Londres Alternativa parte 2 – dicas de galerias, parques, lojas e brechós

Oi gente, se vocês estão curiosos sobre Londres fora da caixa e chegaram nesse post primeiro e quiserem ver a parte um, é só clicar aqui!

Lembrando que esse post não é sobre os lugares clichês de Londres. Aqui eu falo sobre meus lugares favoritos acumulados no ano que morei nessa terrinha maravilhosa.

Então vamos lá!

 

ARTE

 

Barbican

Barbican não é só exposição, é também uma estufa, um laguinho, café, moradia, teatro e cinema. Esse lugar incrível que abriga tantas coisas ao mesmo tempo vai ganhar seu coraçãozinho. Vá lá para passar um dia explorando as exposições, ir ao cinema, assistir um show e depois tome um café do lado de fora. 

 

Saatchi Gallery

Costuma ter exposições bem legais de graça e também tem uma feirinha de comida do lado de fora nos finais de semana bem gostosa. Quando fui lá, vi a exposição Champagne Life que mostrava trabalhos exclusivamente de artistas mulheres, também vi a exposição da Channel. As duas eram muito legais e tinham um ar de interatividade que eu amo. 

 

Exposição na Wellcome Collection

 

Wellcome Collection

Essa galeria tem a lojinha mais legal de todas. Além disso, uma das instalações mais legais que fui, foi lá. Uma sala completamente cheio de fumaça colorida, em que você anda e as cores da fumaça vão mudando. Descobri várias exposições muito diferentes e legais lá, vale a pena dar uma olhada no que está rolando.

 

Photographer’s Gallery

Para os fotógrafos e admiradores de fotografia, vale super a pena ir na Photographer’s Gallery. Sempre com alguma exposição de algum fotógrafo, lá você também encontra uma câmara obscura enorme!

 

Wallace Collection

Era a casa de um nobre e se tornou museu. Bem legal de ver os cômodos e lugares em que essas pessoas viveram.

 

Merge Festival

Festival de arte que acontece anualmente. Possui instalações, performances e exposições em diversos lugares no Bankside de Londres. Fui em uma chamada On you wavelenght on sua mente “controlava” as cores e o som num túnel de luz de acordo com o quão concentrado você estivesse. Foi incrível!

 

Victoria Miro

Fui numa exposição incrível da famosa artista Yayoi Kusama lá. O espaço é super legal e tem um jardim onde as instalações também fazem parte. Dê uma olhada no que está rolando por lá.

 

BRECHÓS E LOJAS

 

 

Rough Trade

Loja de discos maravilhosa em Shoreditch. Se perca em todas as opções do lugar, ouça discos e cds novos, passe horas na loja sem nem perceber, depois aproveite e coma em uma das barraquinhas do Brick Lane Market.

 

Blackmans Shoes

Essa mini loja de família vende os famosos Doc Martens a preços maravilhosos. Comprei meu coturno por 60 libras, quando na loja era 90 libras. Eles só aceitam dinheiro, mas vale super a pena!  De acordo com o dono, é a primeira loja de Londres a vender os Docs.

 

Beyond Retro

Acho que é um dos maiores brechós da cidade. Não é tão barato, a não ser que você dê a sorte de ir na época de Garage Sale deles, se sim, faça a festa! Se não, vale a visita mesmo assim! É cheio de roupas diferentes de brechó e também de produção própria deles.

 

Vintage basement

Mais um brechó que achei várias coisinhas legais e que tem uma sale constante no subsolo.

 

Loja da Lush

Lush, marca vegana de cosméticos tem uma de suas maiores lojas em Londres, e lá é uma explosão de cores e cheiros. Se perca pelos 3 andares da loja, pelos cheiros e pelas instalações do subsolo.

 

Sonos Studios 

O local todo focado na música e na experiência de ouvir música originalmente fundado em LA, abriga diversas exposições e eventos sobre música bem legais. Lá, fui numa exposição de capas de cds incrível, vale a pena dar uma passadinha

 

Tiger

Essa lojinha que existe em vários lugares da Europa, vende tudo que você não precisa mas quer. Tudo tão barato que você acaba levando todas as inutilidades maravilhosas daquela loja. Até patinho de banheiro eu já comprei por lá. 

 

PARQUES

 

Londres é uma cidade que possui muitos parques, e no verão eles se enchem de pessoas fazendo piqueniques e pegando um solzinho, é uma delícia e uma energia incrível. Sempre que eu tinha a oportunidade, estava num parque, era uma das minhas coisas favoritas por lá.

 

Richmond park

Um dos parques mais longe que fui, parece quase uma floresta, então cuidado para não se perder. Se der sorte você consegue ver vários veados pelos matos do parque, são muito lindos, mas assustados. Lá dentro tem a Isabella Plantation, um jardim dentro do parque com muitas flores e um lago.

 

Primrose Hill

Esse lugar talvez tenha ficado famoso depois de Sense 8 mas continua sendo um dos meu locais favoritos. De lá você consegue ver grande parte do centro de Londres. Vá lá para descansar, pensar na vida, e observar a imensidão da cidade que você está.

Se se você gosta de Sense 8, aproveita para ver a frase escrita no topo do morro “I’ve conversed with the spiritual Sun, I saw him on Primrose Hill”. O nascer do sol de lá é incrível, e o parque fica lindo na primavera!

 

Hyde Park (outras entradas)

Não se restrinja somente ao Serpentine Café (o principal de lá). O parque tem pelo menos 4 estações de metrô coladas a ele, explore essas entradas. Eu particularmente indico a entrada de Marble Arch, parece outro parque. Compre uma comidinha, sente na grama, e aproveite a vista.

 

 

 

Holland Park

Um parque escondidinho perto de Notting Hill, super acolhedor com um jardim japonês lindo, cheio de carpas e com um pavão solto. Esse parque só fica com bastante lama nos dias chuvosos porque seus caminhos não são asfaltados.

 

Hampsted Heath e Parliament Hill

Acho que esse era um dos meus parques favoritos por ter partes tão diferentes. A área de Parliament Hill é linda para ver o pôr do sol em um dos banquinhos com a vista da cidade (capa do cd do Mumford and Sons). Mas em Hampsted Heath existem lagos em que se é possível nadar, pesquise por Hampsted Heath Lidos para mais informações, e cuidado! A água é absurdamente gelada, então só vá no verão. Acho até que os lagos ficam fechados nas outras estações por causa da temperatura da água. É uma experiência bem incrível e um pouco assustadora mergulhar num lago com a água tão escura e gelada. Não se preocupe, existem vários salva vidas no local.

 

                                 Veadinhos do Richmond Park

 

Para mais ideias do que fazer nessa cidade tão incrível, eu indico o APP Dojo, lá existem listas semanais e muitas categorias de opções de coisas pela cidade.


Reserve com a gente!

Você sabia que você pode ajudar nosso blog com uma pequena comissão toda vez que reserva pelos nossos links? Assim a gente consegue se manter e trazer cada vez mais dicas para vocês!

? reservas de hotéis pelo Booking.com

? aluguel de carro pelo Rentcars.com

✈️ passagens pelo Decolar.com

? seguro viagem pelo Seguros Promo 

vocês ainda ganham 5% de desconto no seguro com o código: SEATBYTHEWINDOW

Não deixem de seguir nosso instagram, para ficar sabendo de tudo que estamos fazendo por aí

Você viu recentemente ...

Múlafossur, Ilhas Faroé

Ilhas Faroé – Roteiro 5 dias de carro com valores

Llyn Idwal, País de Gales

País de Gales – Roteiro de 7 dias de carro com valores

Vista de cima do Arco Magno com três mulheres e um barco na agua em San nicola arcella na itália calabria

Roteiro 15 dias no Sul da Itália com valores – Nápoles, Costa Amalfitana, Calábria e Sicília.

Islândia – Roteiro de 5 dias de carro pelo Sul com valores

mulher em pé sobre o arco de albandeira com agua azul do mar abaixo no algarve em portugal

Algarve : O que fazer em Albufeira e arredores

DEIXE UM COMENTÁRIO

Contact Us

[contact-form-7 404 "Not Found"]