Chapada dos Veadeiros – Guia para programar sua viagem
Brasil Goiás

Chapada dos Veadeiros – Guia para programar sua viagem

Uma das coisas que mais me deixou confusa em preparar uma viagem para a Chapada dos Veadeiros é que eu senti que faltavam algumas informações para me ajudar no planejamento. Por causa disso, resolvi fazer um post com tudo que me lembrei que é útil para ajudar vocês a programarem sua viagem para esse lugar mágico que é a Chapada dos Veadeiros!

Quando comecei a programar a viagem, fiquei confusa com a quantidade de informação jogada, então decidi fazer posts para ajudar ao máximo vocês.

Dividi em três partes:

1 – Roteiro com dias e Valores

2 – Detalhes sobre trilhas, comida, hospedagem 

3 – O que saber para começar a planejar a viagem nesse post

 

 

LOCOMOÇÃO E DINHEIRO

 

Aeroporto mais próximo e como chegar lá

O aeroporto de Brasília é o mais próximo da Chapada, então é o mais indicado para você pesquisar suas passagens. Existem promoções de passagem constantes para Brasília, principalmente saindo do RJ ou de SP.

Direto do aeroporto você pode tanto alugar um carro, ou ir para a Rodoviária pegar um ônibus para Alto Paraíso. Encontramos a empresa Real Expresso com passagens que custam R$51,70.

Muita gente também pega carona por lá, para isso existe um grupo no Facebook para quem quer carona, e também o app Blá Blá Car em que você paga uma quantia menor que a do ônibus para ir no carro de uma pessoa que vai fazer a mesma viagem que você.

 

Aluguel de carro

Lá em Alto Paraíso não existe locadora de carros, então será necessário alugar um lá em Brasília mesmo. A preferência é para aluguel de carros mais altos, evitem alugar carros Sedan, que são muito baixos e arrastam no chão com facilidade.

Como éramos 6, alugamos um Doblô pelo site RentCars que serviu bem para o precisávamos. Muitas pessoas alugam 4×4, que ajudam a chegar mais próximo nas trilhas, mas se você não quiser gastar o dinheiro para esse carro, não se preocupe que os outros carros andam bem por lá também.

Uma observação importante é que é necessário lavar o carro antes de devolvê-lo para a locadora. Caso o carro esteja sujo, é cobrada uma multa altíssima que daria para você ter lavado 4 carros com o valor!

PS: Nosso carro foi alugado na Localiza e quebrou no meio da estrada de terra que ia para nossa casa. Pesquisem bem sobre sua locadora antes de alugar o carro. Depois de muita discussão, conseguimos um carro novo no dia seguinte de manhã. 

Posto de Gasolina

O principal posto de gasolina fica bem pertinho da entrada da cidade de Alto Paraíso e se chama Posto Vale da Lua, lá aceita cartão para quem tiver com pouco dinheiro.

O outro posto somente em Cavalcante, perto de São Jorge não há posto de gasolina.

 

 

Estrada e distâncias

A estrada de Brasília até Alto Paraíso é praticamente reta, sem muitas curvas, e em sua maior parte é mão dupla.

As estradas para as cachoeiras são todas de terra, algumas melhores que as outras.

Em alguns casos é necessário atravessar pequenos rios com o carro, e em muitos casos existem pontezinhas de madeira para os carros passarem, algumas tem um buraco no meio, e as rodas passam pelas laterais. Aviso isso pois nossa amiga não tinha tanta experiência e decidiu não dirigir por causa dessas condições.

Tudo lá é um pouco longe, levamos por volta de 1h para chegar em várias cachoeiras que fomos. Cavalcante fica bem longe de Alto Paraíso e São Jorge, mais ou menos 90km de estrada até lá. Atentem-se a essa estrada pois ela não tem iluminação e é mais perigosa que as outras.

São Jorge e Alto Paraíso ficam a mais ou menos 36 km de estrada uma da outra.

 

Dinheiro e Bancos

A maioria dos lugares não aceita cartão, principalmente a entrada da maioria das cachoeiras. Ah sim, é necessário pagar para ir na maioria das cachoeiras por elas estarem dentro de propriedades privadas. As cachoeiras dentro do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros são de graça.

Existem poucas opções de bancos por lá e nenhum é 24h, então lembrem-se de sacar dinheiro em Brasília antes.

Os bancos da região são:

 

Itaú

Av. Ari Valadão Filho 767

Alto Paraíso de Goiás – GO

Horário de Atendimento: 10h às 15h

 

Banco do Brasil

Avenida Ari Valadao Filho, 690

Bairro: Centro

Cidade: Alto Paraíso de GoiásGO

 

QUANDO IR E ONDE FICAR

Existem 3 municípios principais pela Chapada dos Veadeiros: Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante.

Alto paraíso é onde tem mais estrutura. As pousadas são melhores, tem posto de gasolina, mercado, e uma rua principal asfaltada com lojinhas, bares e restaurantes. É o lugar com mais cara de cidade da Chapada.

 

Algumas pesquisas de hospedagem que fiz por lá:

Casa Airbnb (onde me hospedei): Casa Yoga

Caso essa seja sua primeira reserva no Airbnb, com esse link você ganha R$130,00 de desconto em reservas acima de R$250,00

Pousada simples (onde o Fábio se hospedou): Pousada Alto Paraíso Tradição

Pousada com mais estrutura: Woodstock

Pousada Alien: Espaço Naves Lunazen

Camping na cidade: Camping Viveiro

Camping entre são Jorge e Alto Paraíso: Céu de Agartha e Pacha Mama

Nossa casa da Chapada

 

São Jorge é uma vila super charmosa, só que com menos estrutura que Alto Paraíso. Lá tudo é mais simples, com chão de terra e muitos campings, uma noite de forró animada, e muitos restaurantes gostosos.

 

Algumas pesquisas de hospedagem que fiz por lá:

Airbnb: Casinha no meio do mato

Caso essa seja sua primeira reserva no Airbnb, com esse link você ganha R$130,00 de desconto em reservas acima de R$250,00

Pousada simples: Pousada Alecrim do Campo

Pousada com mais estrutura: Baguá 

Camping entre são Jorge e Alto Paraíso: Céu de Agartha e Pacha Mama

Camping em São Jorge: Pousada Camping Taiua

A vila de São Jorge

 

Cavalcante é uma cidade muito pequena perto da comunidade Quilombo Kalunga e normalmente é escolhida por quem quer ficar mais perto da Cachoeira Santa Bárbara. Algumas pessoas optam por dormir lá uma noite, e mudar de cidade depois.

Algumas pesquisas de hospedagem que fiz por lá:

Airbnb: Casinha Simples em Cavalcante

Pousadas: Pousada Manacá e Pousada Recanto da Mata

Vista do mirante em Cavalcante

 

Em que época ir

Isso vai depender muito do tipo de viagem que você quer fazer. Nós queríamos aproveitar ao máximo as cachoeiras, sem risco de chuvas e trombas d’água, então a época da seca foi ideal para nós. Ela acontece entre Abril e Setembro, e apesar de você conseguir aproveitar mais as cachoeiras, algumas podem não estar com o volume de água esperado, como é o caso da Loquinhas. A época da chuva deixa o volume de água maior, consequentemente, as cachoeiras ficam mais exuberantes, mas o lado negativo é que podem ocorrer trombas d’água, o que impede que as pessoas entrem na água. Muitas cachoeiras como a dos Couros não podem ser completamente aproveitadas nessa época, que acontece de Outubro a Março. 

 

TRILHAS, CACHOEIRAS E TUDO MAIS

 

Como são as trilhas

Nesse post eu detalhei como é cada trilha que fui na Chapada, mas resumindo por aqui, a maioria é tranquila em relação a dificuldade, mas cansativas por ter muitas pedras pra subir e descer o tempo todo, a coxa queeeeeima! Quem tem dificuldade pode também não andar em todas as cachoeiras, mas se quiser, é só ir com calma que dá.

 

 

Quantas cachoeiras ir em um dia?

Isso vai depender muito do que você vai fazer no dia e da hora que você vai sair. A gente saía por volta de 8h/9h e a maioria dos lugares que fomos tinham mais de uma cachoeira para visitar em uma só trilha, mas não pegamos no carro para nos locomover até elas. Lugares  como a Catarata dos Couros, Macaquinhos, Santa Bárbara/Capivara, Complexo do Prata e o Parque Nacional precisam do dia inteiro separado. O Vale da lua pode ser visitado no mesmo dia que outras cachoeiras, como o Poço das Esmeraldas ou a Cachoeira do Segredo.

 

Comida

As trilhas costumam demorar e você vai passar praticamente o dia todo andando por elas, indo de cachoeira a cachoeira, por causa disso, é provável que você só vá realmente almoçar por volta de 16h, então levem lanchinhos, sanduíche, barrinha de cereal e ÁGUA!

 

Roupa

Vá com roupas leves e frescas! É legal também levar um chapéu porque o sol do cerrado é bem forte, e claro, um tênis que seja bastante confortável ou papete para quem não quer ficar tirando e colocando meia toda vez que mudar de cachoeira.

Outra coisa que indico muito que levem é um óculos desses de natação, assim você pode explorar toda a cachoeira por baixo também, algumas são imperdíveis!

 

Remédios

Não esqueçam do repelente e do protetor solar! É bom levar alguns remedinhos como antisséptico, esparadrapo para bolhas e antialérgicos caso alguém seja picado por algum inseto. Alguns pedaços de trilhas tem abelhas, mas não vimos muitas, a maioria ficava perto das pedras, é só manter a atenção que nada vai acontecer.

 

Guia

Os guias nem sempre são obrigatórios nas cachoeiras. Na verdade eles não são obrigatórios na maioria delas. Das mais conhecidas, só aquele combo de cachoeiras de Cavalcante que tem obrigatoriedade de guias: Santa Bárbara, Capivara e Candaru.

Mesmo que não sejam obrigatórios, eu recomendo MUITO fazer os passeios com guias. Nosso guia foi o Edson, que nos mostrou os melhores cantinhos de todas as cachoeiras que fomos, com certeza não teríamos conhecido muita coisa legal se tivéssemos ido sem guia para lá. Eu normalmente não gosto de guia, mas juro, é bem legal com eles. Basta você chamar um guia legal. Caso o Edson não possa, ele vai saber te indicar outros guias legais para te levar para os melhores lugares da chapada!

 

Edson e um dos lugares mais lindos que ele nos levou

 

OUTRAS DICAS ÚTEIS

  • É indicado que você tome vacina contra Febre Amarela para ir lá, apesar de não ser obrigatório, é melhor prevenir.
  • Se programe para fazer a maioria das compras de mercado em Brasília, lá o mercado é mais barato que na Chapada.
  • O clima em Goiás é muito seco, para os alérgicos de plantão isso é péssimo. Bebam bastante água, levem spray de garganta, e muitas pessoas colocam uma bacia d’agua do lado da cama para ajudar com a secura. O lado bom é que o cabelo fica ótimo!
  • O celular não pega na maioria dos lugares. Procurem baixar os mapas offline no app do Google Maps para não se perder!
  • Um app muito útil para quem quer dividir as contas com os amigos é o Splitwise!

 

 


Reserve com a gente!

Você sabia que você pode ajudar nosso blog com uma pequena comissão toda vez que reserva pelos nossos links? Assim a gente consegue se manter e trazer cada vez mais dicas para vocês!

? reservas de hotéis pelo Booking.com

? aluguel de carro pelo Rentcars.com

✈️ passagens pelo Decolar.com

? seguro viagem pelo Seguros Promo 

vocês ainda ganham 5% de desconto no seguro com o código: SEATBYTHEWINDOW

Não deixem de seguir nosso instagram, para ficar sabendo de tudo que estamos fazendo por aí

 

Você viu recentemente ...

vista de cima da praia do secreto com pessoas

RJ: roteiro com praias desconhecidas do RJ, SUP e comida boa

15 lugares maravilhosos para comer doces no RJ

Poço do Céu, Serrinha do Alambari, RJ

Visconde de Mauá (e arredores) – rota de cachoeiras em um final de semana

Rio – 20 bares e restaurantes clássicos cariocas que você não pode perder

Rio – Dicas pra noitinha e noitada na Cidade Maravilhosa

04Comentários

  1. Diego

    Olá! Você ainda tem o contato desse guia Edson? Eu achei na internet um guia chamado Edson. É um senhor que deve ter uns 60 anos ou mais. O site dele é esse aqui: http://altoparaiso.online/

    Será que é o mesmo?
    Obrigado!

    02/05/2019 Responder
  2. Neuton

    Parabéns pelo post! Vai ser muito útil para traçar o roteiro para a Chapada…

    16/07/2019 Responder
    • Gessica

      Oi Neuton, que bom que você gostou! A chapada é incrível, você vai amar! Qualquer dúvida é só falar!

      17/07/2019 Responder

DEIXE UM COMENTÁRIO

Contact Us

[contact-form-7 404 "Not Found"]